23 junho, 2009

Recomendação inteligente!

Recomendado para todos aqueles que querem conviver bem com o melhor amigo.
O livro do Alexandre Rossi traz informações muito úteis.
Compreender o comportamento do cachorro torna o adestramento e a convivência bem mais facéis. Seu melhor amigo agradecerá. Tenho o livro há muito tempo e aprendo a cada dia.
PS.: Fiz uma nova amizade. Um border collie que atende por Luque, branco com uma capa preta, altamente inteligente. Começo a acreditar que o cachorro sou eu e penso a todo instante que a minha fox terrier pêlo de arame é uma "porta". Brincadeira, claro, mas o fato é que Luque começa a dar sinais de compreensão dos comandos bem rapidamente. Coisas simples como um "senta" ou "a pata" ele tira de letra. Até hoje fico para Mine (a fox)... "a pata", "a pata", "a patinha nenega", "a paaaaata", "MINE, A PATA"... e nada! Também pudera. De acordo com Santley Cohen, autor do livro A inteligência dos cães, os border collies ocupam o primeiro lugar, enquanto o fox terrier pêlo de arame aparece na 51ª posição. Isso quer dizer que enquanto Luque mostra os primeiros sinais de entendimento a partir da 5ª repetição, Mine, precisa de algo em torno de 25 a 40 repetições para dar os primeiros sinais de compreensão do comando.
Bom, os dois são grandes amigos e companheiros. E Mine, ao contrário do que possa parecer, também é muito inteligente. Depois posto alguma foto.

07 junho, 2009

Sobre as pessoas...

Pior do que o mal educado é o "maleducado".